November 27, 2023 Notícias Nenhum comentário

Utilizar uma madeira mais sustentável e renovável pode tornar a região de Guarapuava como um polo de construções com esta tecnologia no Paraná. O resultado será de pesquisas que farão parte da proposta aprovada e desenvolvidas a partir do escritório do Novo Arranjo de Pesquisa e Inovação (NAPI) Wood Tech, inaugurado no dia 22 de novembro.

Os estudos estão sendo feitos por pesquisadores do Campus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná em Guarapuava, em parceria com o Cilla Tech Park, prefeitura de Guarapuava e Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro).

Para o reitor da UTFPR, Marcos Schiefler Filho, o Napi da madeira engenheirada já possui muitos parceiros. “São mais de 100 empresas que trabalham com o beneficiamento de madeira. E então é somar atividades e tem tudo para se tornar um grande referencial nacional no processamento e engenharia envolvida nesta tecnologia”.

A madeira engenheirada tem origem em manejo de florestas plantadas para fins comerciais. Considerando que retiram CO2 da atmosfera trata-se de um recurso sustentável e renovável quando comparado aos demais materiais, como o concreto e aço, por exemplo.

Outra vantagem é com relação a resistência, já que o controle de qualidade desta madeira é maior nas fábricas, além da praticidade de utilizar um material mais leve que facilitará a fase de execução das obras.

“O uso da madeira engenheirada é muito comum no hemisfério norte pois é considerado um material que já realiza o “sequestro” de CO2 da atmosfera”, explica o professor Marcelo Granza.

Escrito por Felipe Stresser