Photo-25
agosto 17, 2013 Notícias Nenhum Comentário

Paralelamente ao crescimento do setor florestal nacional, a procura por informações técnicas se torna cada vez mais frequente. Ainda faltam no mercado profissionais com conhecimento técnico e experiência de campo para a realização das atividades de forma eficaz. Com objetivo de trazer essas informações de forma dinâmica, a Malinovski desenvolveu, pioneiramente, o Curso de Aperfeiçoamento Técnico em Silvicultura de Florestas Plantadas.

A primeira edição aconteceu nos dias 15 e 16 de agosto em Curitiba (PR) e contou com a participação de 35 profissionais. O Curso com foco em eucalipto foi dividido em quatro módulos: Planejamento da Silvicultura, Implantação e Reforma de Florestas, Manutenção de Florestas Plantadas e Controle de Operações Silviculturais. Contou com as palestras de Cláudio Ramos (IMA Gestão e Análise Florestal, BlackWood Forest Business & Consulting) e Nestor Claret (Interseção Florestal), profissionais com vasta experiência na área de silvicultura de florestas plantadas.

Como consenso unanime dos participantes, ficou a satisfação em trocar experiências, reforçar conceitos e técnicas já conhecidas. Para Wigando Simm Netto, da Companhia Vale do Araguaia, o curso serviu especialmente para a atualização profissional. “Reforcei algumas informações já trabalhadas na universidade, mas agora associadas à vivência e prática profissional.” A prática associada à teoria também foi o principal diferencial apontado por Jacqueline Pirez, da Fazenda Campo Bom. “Diferente da graduação em Engenharia Florestal, o Curso possibilita a troca de informações com profissionais que estão em atividade constante. O conteúdo também estimula a troca de conhecimento com os outros participantes, que atuam em outras regiões do país.”

O representante da Celulose Irani, Juliano de Souza, apontou as vantagens da troca de experiências. “Acredito que não precisamos cair nos erros de operação florestal. Podemos aprender com as outras empresas e conseguir nos desenvolver superando os obstáculos.”

A estrutura do Curso foi destacada por Saulo Barbosa, da V&M Florestal. “As palestras do primeiro dia sobre planejamento foram interessantes, pois podem ser aplicadas nos diversos níveis de empresas. Já no segundo, recapitulamos todas as atividades envolvidas na silvicultura e trocamos opiniões sobre cada atividade, assim como experiências com equipamentos florestais”, analisou.

A busca por informações técnicas foi o que estimulou Paulinho da Silva Neto, da Pantanal Florestas, do Mato Grosso, a procurar o Curso Aperfeiçoamento Técnico em Silvicultura de Florestas Plantadas. “O objetivo é melhorar a nossa visão sobre a questão da implantação e manutenção de florestas porque prestamos esse serviço. No Estado, os investimentos em reflorestamentos ainda estão começando, por isso, a importância em rever conceitos.”

A segunda edição do Curso de Aperfeiçoamento Técnico em Silvicultura de Florestas Plantadas, já tem data marcada e acontece em março de 2014.

Escrito por Giovana Massetto