WhatsApp Image 2019-09-11 at 11.02.32
October 4, 2019 Notícias Nenhum Comentário

WhatsApp Image 2019-09-11 at 11.02.32

Números da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) apontam que a média das exportações brasileiras do setor de florestal é de US$ 10,7 bilhões. Todo o segmento gera 3,7 milhões de empregos e é responsável por 6,1% do PIB. A silvicultura é uma atividade sustentável e renovável, e a madeira é uma matéria-prima biodegradável.

Para discutir todo este cenário e aprofundar questões, cinco encontros técnicos, realizados no Campus da Indústria do Sistema Fiep, fizeram parte da programação da III Semana Internacional da Madeira: 3º Wood Trade Brazil; 2º ProWood; 3º Encontro Brasileiro de Biomassa e Energia da Madeira (EBEM); e os inéditos Floresta 4.0 e Gis Forest. Os eventos florestais (Floresta 4.0 e Gis Forest) reuniram 200 participantes; e os encontros da indústria da madeira (ProWood e EBEM) outros 151. E o Wood Trade, que abordou o mercado mundial de madeira, teve 504 participantes, o que totalizou 855 inscritos nos encontros técnicos.

Segundo o superintendente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Madeira Processada Mecanicamente (Abimci), Paulo Roberto Pupo, a Semana Internacional da Madeira é um grande exemplo de agenda positiva para o nosso país. “Este conjunto de ações estratégicas, assertivas, reunindo toda a cadeia, dividido por segmentos em encontros técnicos e comerciais, somado a uma feira que traz acesso a novas tecnologias, de completa interface, é um movimento essencial para geração de negócio”, afirma ele.

Escrito por manutencao