Photo-20
novembro 9, 2013 Notícias Nenhum Comentário

Aumentar a produtividade, reduzir custos e diminuir o risco de acidentes de trabalho. Esses são os principais objetivos das empresas que realizam hoje a colheita florestal mecanizada e desejam ter cada vez mais controle de suas operações. Foi para atender essas demandas de mercado que a Malinovski promoveu, em Curitiba (PR), o 4º Curso de Aperfeiçoamento em Gestão de Manutenção de Máquinas Florestais. O evento que aconteceu nos dias 07 e 08 de novembro reuniu 27 profissionais das mais importantes empresas do país.

De acordo com o instrutor, José Eduardo Paccola, os profissionais já devem ter em mente que para atingir essa realidade a aquisição de equipamentos se torna essencial, assim como a gestão e execução da manutenção. Alguns conceitos que podem ser utilizados para tornar esse trabalho mais efetivo foram apresentados em quatro módulos durante o curso: visão geral e estratégia de manutenção; planejamento e controle da manutenção; execução da manutenção; e aperfeiçoando programas de manutenção.

Na avaliação de Luiz Ricardo Ramalho de Oliveira, supervisor de desenvolvimento operacional da Eldorado não é fácil encontrar as informações disponibilizadas no curso de uma forma compacta. “Com ele pude rever conceitos e discutir casos práticos com os participantes. Acredito que o ponto mais importante é que o curso permite a reflexão sobre o trabalho que está sendo desenvolvido”, avaliou.
Edvaldis José do Amaral, coordenador de manutenção e desenvolvimento florestal da Cenibra, também destacou a qualidade do conteúdo. “Ele supre algumas necessidades da operação porque é focado e didático. O conteúdo também permite a revisão de conhecimentos e o alinhamento de conceitos.”

O gerente de manutenção de frota da Berneck, Valmir da Silva Passos, defendeu alguns diferenciais do curso. “Muitas empresas têm uma verdade de manutenção julgada como absoluta, mas a troca de experiências e a metodologia aplicada no curso faz com que ela seja revista”, afirmou.

Já a possibilidade de trocar informações com outros profissionais do país foi destacada por Marcos Cassol, supervisor de manutenção da Cassol. “Este é um dos pontos mais importantes. Profissionais de diversas regiões brasileiras lidam com características de operação completamente diversas, com a troca de informações conseguimos juntar as informações e tomar a melhor decisão baseada na experiência de outros profissionais”, explicou.

Em 2014, o V Curso de Aperfeiçoamento em Gestão de Manutenção de Máquinas Florestais acontece nos dias 23 e 24 de outubro, na capital paranaense, ou pode ser realizado de forma exclusiva nas empresas.

Escrito por Giovana Massetto