Photo-27
October 26, 2015 Notícias Nenhum Comentário

As operações florestais evoluíram rapidamente nos últimos anos e as empresas têm investido na compra de máquinas para aumentar a produtividade, reduzir custos e aumentar a segurança do trabalho. Para que esses altos investimentos se justifiquem é necessário que estas máquinas estejam sempre disponíveis e mantenham a performance esperada. Para isso, os serviços de manutenção são essenciais.

Em busca de conhecimento e aprimoramento dessa operação, 45 profissionais do setor florestal se reuniram em Curitiba (PR), nos dias 22 e 23 de outubro, para o 5º Curso de Aperfeiçoamento Técnico em Gestão de Manutenção de Máquinas Florestais, realizado pela Malinovski. Grandes empresas do Brasil e do Uruguai enviaram representantes para aprender novas práticas e métodos de gestão de manutenção e assim otimizar os serviços.

Samanta Tauna Neto, analista de custos e processos da Klabin, participou do treinamento para entender as rotinas de manutenção, aprender novas práticas e oportunidades de melhoria no trabalho que a empresa já desenvolve. “A participação foi boa para reforçar meus conhecimentos de manutenção. O conteúdo passado me auxiliou na avaliação do método de trabalho que adotamos na Klabin, com ele podemos aprimorar nossas atividades”, destacou a analista.

Como são lançadas novas máquinas e tecnologias constantemente e, por consequência, as práticas de manutenção mudam com frequência, é importante sempre se atualizar. Esse é o pensamento de Valmir da Silva Passos, gerente de manutenção de frotas da Berneck. Valmir já participou desse treinamento em 2013 e acredita que é necessário se reciclar a cada três anos. “Se capacitar é primordial para a realização de um bom trabalho. Com treinamentos aprimoramos nossas atividades e trocamos experiências com os outros participantes”, analisa. O gerente, inclusive, indicou o curso para outros funcionários da Berneck.

Além de participantes de várias regiões do Brasil, o curso de manutenção teve a presença de profissionais do Uruguai, da Montes del Plata, Idalem S.A. e Ponsse Latin América. Daniel Alfaro, gerente da área full service da Ponsse do Uruguai, veio para o Brasil em busca de capacitação. “No Uruguai praticamente não temos cursos voltados para a área florestal. Como a Malinovski é conhecida internacionalmente resolvemos participar do treinamento.” Ele afirma que os conteúdos ministrados são de grande valia para suas atividades no Uruguai. “As informações são bastante úteis, só preciso adaptar algumas de acordo com as nossas necessidades.”

Daniel também ressaltou a qualidade do palestrante José Eduardo Paccola. Para o gerente, o instruturo tem ótimas experiências profissionais e boa didática para transmitir seu conhecimento. Paccola é engenheiro mecânico formado pela Unesp-Guaratinguetá, tem MBA pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) e créditos de Mestrado em Engenharia pela Unitau (Universidade de Taubaté). Também tem experiência de quase 30 anos em grandes empresas florestais nacionais, atuando nas áreas de: manutenção; desenvolvimento operacional; treinamento; qualidade; sistema de gestão; mecanização, elaboração e implantação de projetos de colheita. Gerenciou equipes com atuação corporativa em diversas regiões do Brasil como, São Paulo, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. Coordenou implantação de 5S, TPM e Qualidade Total nas áreas florestais. Atualmente é diretor da ZDP Consultoria, empresa de consultoria especializada em gestão de processos, qualidade e produtividade.

Escrito por Giovana Massetto